Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Passos - MG e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal Passos - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Galeria de Prefeitos
Francisco Ferreira Maia - 01/01/1951 a 31/12/1954
Nasceu em Passos no dia 07 de março de 1.914, sendo filho do casal Francisco Avelino Maia e Maria Ferreira Lemos. Mais conhecido como Chiquito Maia, casou-se com Marieta Silveira Maia em 22 de abril de 1.936. com quem teve 10 filhos.
Estudou em escola rural, cujo pai e outros fazendeiros da região pagavam certa quantia mensal aos professores Telésforo, Arnulfo Nogueira e Adolpho Porto para dar aula aos seus filhos.
Iniciou sua vida trabalhando com o pai, Comendador Francisco Avelino Maia e alguns dos seus irmãos no engenho de açúcar da família, que alguns anos após originou a Usina Rio Grande. Com 25 anos começou a criação de gado Gir, sendo criador de rebanho PO por 50 anos. Trabalhador por excelência, prático no trato dos negócios e atividades gerais, honesto e seguro em todos seus atos e compromissos, embora um tanto introspectivo, gostava de liderança política acentuada, sendo membro efetivo e atuante do extinto PSD (Partido Social Democrata). Foi um dos fundadores do Sindicato dos Produtores Rurais de Passos e da Cooperativa do Sudoeste Mineiro.
Em 1.950 elegeu-se prefeito de Passos, ficando no cargo até 1.954. Durante sua gestão, participou e colaborou em todos os movimentos a favor do progresso da cidade e como prefeito, realizou obras, destacando-se dentre elas as seguintes: término da construção da praça Geraldo da Silva Maia; construção da praça Blandina de Andrade; melhoria e retificação da estrada da Julieira, serviço iniciado pelo seu antecessor; melhoria das estradas vicinais municipais, com construção de pontilhões e mata-burros; prosseguimento do calçamento da cidade e arborização das vias públicas.
Pouco tempo após o afastamento de Geraldo da Silva Maia, seu sucessor na administração municipal, mudou-se para Belo Horizonte. Meses depois, vendeu todas as suas propriedades locais e se transferiu definitivamente para a capital mineira.
Em 1.954, adquiriu uma usina de algodão, investindo depois no ramo atacadista de cereais. Integrou a diretoria da Comig, no governo Bias Fortes.
Em 1.968, iniciou a inseminação artificial em seu gado na fazenda Estância Brasil. Em seguida, criou a firma Sêmen Agropec em Uberaba/MG. De 1.980 a 1.982, foi membro Suplente do Conselho Fiscal da ABCZ, tornando-se efetivo na gestão de 1.984/1.990.
Integrou a comitiva da primeira exportação de gado Zebu-Raça Gir, para os Estados Unidos, em 1.982, e recebeu no Congresso Nacional o mérito "Destaque Profissional Pecuário/1.986" por Minas Gerais.
Em 1.988, recebeu do ministro da agricultura Iris Rezende os sumários de avaliação genética por seu touros Gir, espalhados pelo Brasil, Estados Unidos, México e América Central. A cabeça do seu Gir, Chave de Ouro, encontra-se embalsamada em exposição no Museu do Zebu no Parque de exposição Fernando Costa em Uberaba.
Faleceu em Belo Horizonte aos 06 de março de 2.002.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.6 - 03/11/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia