Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Passos - MG e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal Passos - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Galeria de Prefeitos
Geraldo da Silva Maia - 01/01/1955 a 19/05/1958
Nasceu em 30 de setembro de 1.913, sendo filho do coronel Francisco da Silva Maia e Feliciana B. Maia.
De destacada instrução, era dotado de uma aptidão política e visão administrativa incomuns para a época. Habilidoso e ao mesmo tempo enérgico, aliava tais qualidades e cativava as massas populares transformando-se num líder de prestígio e influência, não só dentro do município com na região.
Casado pela primeira vez com Anna Lemos maia em 30 de abril de 1.934. Ao ficar viúvo, casou-se pela segunda vez com Júlia Lemos Cardoso Maia, tendo nos dois casamentos a soma de 6 filhos.
Foi prefeito da cidade por duas vezes, sendo o primeiro mandato de 1.947 a 1.950 e o segundo de 1.954 a 1.957. De 1.951 a 1.955, elegeu-e vice-prefeito. Exerceu também a presidência do extinto PSD (Partido Social Democrata) no diretório local, de 1.950 a 1.954.
No seu primeiro mandato, revolucionou o sistema administrativo e despertou a cidade para o progresso, enquanto no segundo, bastante conturbado, não foi tão eficiente. De qualquer forma, executou obras nos dois períodos. Foi o responsável pela construção da Praça do Rosário, que hoje leva seu nome, dotada de fonte luminosa. Ali também ergueu a Estação Rodoviária, que funcionou até a segunda gestão do prefeito José Figueiredo (1.977/1.982).
No setor educacional, construiu três grupos escolares e na zona rural aumentou 12 escolas. Acelerou e aumentou o serviço de saneamento básico e calçou quase toda a cidade com a adoção de bloquetes de fabricação da própria municipalidade. Abriu um número elevado de estradas vicinais, encascalhando quase todas existentes, além da construção e reconstrução de inúmeras pontes e pontilhões. Reformou a Praça da Matriz, hoje Praça Monsenhor Messias Bragança e reaparelhou o maquinário da prefeitura. Entretanto, seu mais importante serviço se prendeu à nova captação de água para uso da população.
Geraldo Maia não concluiu a sua segunda gestão, pois foi preso sob a acusação de irregularidades nas contas da administração de 1957 e morreu ainda na prisão em 22 de novembro de 1.959.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.6 - 03/11/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia